Fortaleza perde por 4 a 2 para Bahia pelo Brasileirão

O Fortaleza perdeu por 4 a 2 para o Bahia neste sábado (4) em partida válida pela 19ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro, disputada no estádio Pituaçu, em Salvador. Os quatro gols da equipe da casa foram marcados pelo colombiano Rodallega, enquanto Yago Pikachu e Matheus Vargas descontaram para os visitantes.

A próxima partida do Esquadrão de Aço será no sábado (11), às 21 horas, contra o Santos, marcada para acontecer na Vila Belmiro. Um dia depois, no domingo (12), o Fortaleza recebe o Atlético-MG, na Arena Castelão, às 16 horas.
O Leão do Pici assustou o Bahia em algumas oportunidades, principalmente durante o primeiro tempo, mas não conseguia impor pressão e nem roubar a bola no campo de ataque de forma constante. Todas as vezes que a equipe tentava sair com jogadas ofensivas, o Bahia se fechava e forçava os jogadores cearenses a recuar.

O Bahia não sentiu falta do artilheiro Gilberto e dominou a partida. Com jogadas rápidas e uma troca envolvente de passes, a equipe da casa criou as principais oportunidades da partida e foi responsável por abrir o placar da partida.
Rodallega marcou quatro vezes em sua primeira partida como titular na equipe baiana e mostrou querer brigar pela posição com o veterano Gilberto, que assistiu o jogo do banco de reservas. O primeiro gol foi marcado pelo colombiano aos 41 da primeira etapa e os outros três aos 18, 20 e 30 do segundo tempo. Dos seis chutes a gol que o jogador deu no gol durante a partida, quatro resultaram em gol.

O responsável pela assistência no primeiro gol do Bahia, o meia Rossi, foi atingido na virilha ao cair depois de uma disputa de bola com o zagueiro tricolor Tite e precisou ser substituído imediatamente por Maykon Douglas. Na saída do campo, o jogador não conseguia sequer pisar no chão e precisou ser carregado por conta de uma possível fratura no adutor da coxa.

Mesmo com três gols atrás do placar, o Fortaleza não abaixou a cabeça e partiu para o ataque, chegando a marcar duas vezes com Yago Pikachu, aos 24 da segunda etapa, e Matheus Vargas, aos 28. Apesar da pressão, não conseguiu levar o Leão do Pici a vitória.

Mesmo atrás do placar por dois gols de diferença durante boa parte da segunda etapa, o Fortaleza não baixou a cabeça e continuou atacando. O técnico Juan Pablo Vojvoda chegou a acionar Lucas Lima e o atacante Wellington Paulista, que fizeram ótima dupla na última rodada, mas o time não conseguiu aproveitar as poucas oportunidades do final. O Bahia, por outro lado, depois de garantir o resultado se fechou na defesa e apenas ficou no aguardo do apito final.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Nenhum número escolhido ainda